Conselhos para investidores imobiliários iniciantes

Você já pensou em investir em imóveis? Se a resposta é não, é bom começar a pensar nessa ideia, pois pode ser bastante vantajosa. 

É claro que nem sempre é fácil entrar no mercado imobiliário, já que muitos investidores iniciantes se deparam com muitas dúvidas no processo e encontram dificuldades em entender o que fazer para se dar bem neste meio. Mas isso não significa que você precisa aprender com o erro: conhecendo um pouco sobre o mercado de imóveis e tendo cuidado na hora de escolher seu negócio, é possível acertar no investimento de primeira, protegendo o seu dinheiro e gerando uma renda interessante para a família.

Pensando nisso, preparamos este artigo para ajudar você a se preparar para fazer investimentos sólidos e bem-sucedidos. Veja a seguir 7 conselhos para investidores imobiliários iniciantes e saiba como entrar no mercado de imóveis com o pé direito!

Estude sobre o mercado imobiliário

Antes de se jogar de cabeça no mundo dos investimentos, busque se informar sobre como funciona o mercado imobiliário. Eduque-se sobre como funciona a valorização e desvalorização de imóveis, por exemplo, quais os documentos envolvidos em uma transação imobiliária e tente entender ao menos um pouco sobre os pontos a analisar em uma construção para definir se está em boas condições.

O conhecimento nunca é demais. Vale se utilizar de livros, artigos na internet, visitar sites de imobiliárias e construtoras, e até mesmo procurar ajuda de corretores ou outros investidores para ficar por dentro deste mundo.

Faça um planejamento financeiro

Um erro comum dos investidores iniciantes é não dar a atenção devida ao planejamento financeiro. É essencial ter uma perspectiva sólida do orçamento da família, considerando quanto dinheiro entra todo mês, quanto recurso é gasto com despesas, e qual o valor que pode ser utilizado para aplicar em um patrimônio imobiliário. Somente assim você saberá o valor que pode investir e poderá programar e negociar o seu investimento com confiança.

Além disso, ter uma reserva financeira de emergência é outro aspecto fundamental. Ela será responsável por garantir que você será capaz de suprir qualquer necessidade urgente que puder aparecer sem que tenha que se desfazer do seu negócio precocemente, o que faria o seu investimento com bom potencial de retorno se tornar um prejuízo.

Pesquise bem o mercado de imóveis

Para investir em imóveis, é lógico que entender o mercado imobiliário local é importante para saber avaliar as oportunidades disponíveis. Busque conhecer os bairros em que considera investir, veja que áreas da cidade estão apresentando mais sinais de crescimento, confira os preços que estão sendo praticados em cada região e qual o perfil de imóveis mais procurados nos diferentes locais da cidade. Todas estas informações serão úteis no momento de escolher os imóveis com maior potencial para o seu investimento.

Conheça o seu perfil de investidor

Conhecer o seu perfil de investidor é uma ótima maneira de definir bem os seus objetivos e entender os tipos de negócio que mais se encaixam nas suas expectativas. Além disso, é uma reflexão bem simples e que pode gerar impactos muito positivos no seu investimento, pois você já irá começar sua jornada de investidor compreendendo o caminho a seguir.

Tenha paciência

Ninguém vira um grande investidor de imóveis da noite para o dia. Quando se trata de investimentos, é fácil se deixar levar pelo entusiasmo de um novo negócio e esquecer de avaliar racionalmente as vantagens e desvantagens do negócio. Mantenha-se focado nos seus objetivos com o investimento, e lembre-se que os investimentos imobiliários são negócios de longo prazo, e provavelmente irão acompanhar a sua família por muitos anos. Escolha seu investimento com cuidado e bom senso.

Comece com investimentos seguros

Se você não tem experiência com o mercado imobiliário, não é recomendado se aventurar em negócios de maior risco logo de início. Procure investir em imóveis mais seguros, que você terá mais facilidade de manter locados e que não necessitam de muitos cuidados. No geral, imóveis residenciais costumam ter mais procura mesmo em momentos de recesso econômico, enquanto construções novas e em bom estado significam que não será necessário se incomodar com reformas e manutenções por um bom tempo.

Escolha bem os seus parceiros de investimento

Por fim, o último conselho para quem quer começar a investir em imóveis é ter cuidado na escolha de parceiros. Pesquise bem a imobiliária, construtora ou corretor que está auxiliando você no processo, e procure por empresas e profissionais que têm boas referências e anos de experiência no mercado – pois são bons sinais de que oferecem serviços sérios e se preocupam com a satisfação do cliente. Com um bom parceiro de negócios, seus investimentos em imóveis certamente serão um sucesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *